Roda Super Sortuda

APRF (Polícia Rodoviária Federal) prendeu um homem de 40 anos que utilizava uma CNH falsa, na manhã desta quinta-feira (19), em Candeias (BA). Como os agentes descobriram? Simples, a Carteira Nacional de Habilitação do sujeito tinha mais de 10 anos de validade.

Vale destacar que o prazo de validade da CNH é de 10 anos para quem tem menos de 50 anos de idade, 5 anos para quem tem entre 50 e 70 anos e 3 anos para pessoas acima de 70 anos.

+ Não passou no teste da CNH? Nova lei em tramitação garante 2ª prova gratuita
+ CNH: Detran-SP muda regra para renovação do documento; veja

O que aconteceu?

  • Conforme divulgado pela PRF, por volta das 10h, a equipe abordou uma Honda CBX250 que transitava pelo km 584 da BR 324;
  • Os policiais solicitaram os documentos e apresentou uma CNH com indícios de falsificação;
  • Após perceberem que a documentação possuía dados divergentes, os agentes notaram que a validade da carteira era superior a 10 anos.

O condutor

O homem teria admitido que comprou a carteira pelo valor de R$ 3 mil. Na concepção dele, “resolveu ‘comprar’ a CNH pois tinha receio de não passar nas provas para aquisição do documento”.

O condutor foi preso e encaminhado à Polícia Civil. Ele responderá pelo crime de uso de documento falso.

Roda Super Sortuda Mapa do site